Informações Gerais

  • 60h
  • 1864 aluno(s) atualmente inscrito(s)
  • A partir de 6/7/2016
  • 1339 discussões
  • Para observatório caminhos do cuidado
  • 206 avaliações
  • Com Tutoria/Facilitação
  • Restrito a Perfis

Sobre o curso

A expansão da Estratégia de Saúde da Família no país provocou uma redefinição das diretrizes nos cuidados em saúde e uma reorganização dos equipamentos de saúde existentes no território.

A implantação de equipes multiprofissionais que assumem o acompanhamento de famílias- moradoras de um determinado território representou para o Ministério da Saúde a consolidação de uma estratégia que já se provou capaz de reorientar o modelo assistencial em saúde.

O modelo de atuação dessas equipes extrapola ações de assistência médica, já que incluem o reconhecimento das necessidades da população e do território, a importante construção do vínculo entre moradores e profissionais através de um contato permanente com a comunidade, além da busca de soluções de problemas mais comuns e frequentes de sua clientela, nela incluídos os portadores de transtornos mentais assim como as pessoas em uso prejudicial de álcool, crack e outras drogas.

Partindo-se da experiência do Projeto Caminhos do Cuidado - voltado para formação de agentes comunitários em saúde, auxiliares e técnicos de enfermagem- que mobilizou as equipes da ESF, levando para dentro destas discussões de situações e casos trazidos pelos alunos, propõe-se agora responder a uma demanda dos próprios trabalhadores da atenção básica: a necessidade de formação dos demais profissionais da equipe.

Objetivos

- Desmistificar o cuidado em saúde mental, facilitando que os trabalhadores da ABS reconheçam e intervenham sobre quadros de sofrimento psíquico, aqui incluída a atenção a pessoa em uso prejudicial de álcool e outras drogas, identificando competências de cuidado que já são utilizadas e construindo novas ferramentas que auxiliem nos desafios apresentados pelo campo.

- Qualificar ao nível de atualização trabalhadores de nível médio e superior das equipes da estratégia da família 

 

Conteúdo

I - Introdução

II - 4 Princípios para ação em SM

III - Atitudes dos trabalhadores da ABS

IV - Conceito de Rede

V - Redução de Danos e o papel da Estratégia de Saúde da Família

VI - Como atuar em territórios violentos

VII - Desafios e Conquistas

Como nos organizamos

METODOLOGIA:

Propõe-se um desenho de formação que contemple prioritariamente toda a equipe da ABS, de modo a garantir informações homogêneas que poderão, durante o curso, serem aprofundadas de acordo com o grau de interesse, conhecimento e necessidade sentida por cada profissional.

O curso será realizado na modalidade Educação a Distância (EAD). Todos os alunos terão o acompanhamento por um tutor, que atuará como facilitador do processo de ensino-aprendizagem. Os alunos deverão responder as atividades de exercício na plataforma e só assim serão liberados pelo tutor para prosseguir para o módulo seguinte.

RECURSOS:

Todos os recursos como leituras de textos relacionados aos módulos, leitura complementar para aprofundamento e explicação de terminologia da área de Saúde Mental, Álcool e outras Drogas estão disponibilizadas na própria plataforma, sinalizadas por ícones que estão apresentados no glossário. 

PARCEIROS:

Departamento de Gestão da Educação na Saúde da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação da Saúde do Ministério da Saúde - Deges/Segets/MS

Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde da Fundação Oswaldo Cruz – Icict/Fiocruz

Rede das Escolas Técnicas do Sistema Único de Saúde - RET-SUS

Módulos relacionados

Curso de Especialização - DST, AIDS e Hepatites Virais: Metodologia da Pesquisa (Unidade IV)

UFRN / SUS
  • 60h
  • 40
  • 511

A resposta brasileira ao desafio das DST, AIDS, Hepatites Virais e Tuberculose propõe pensar a reconstrução de um modelo de atenção à saúde no SUS que garanta a ampliação Ver mais

Residência Multiprofissional - Políticas de Saúde

Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • 40h
  • 0
  • 48

Ver mais

Curso de Especialização - DST, AIDS e Hepatites Virais: O processo de gestão (Unidade III)

UFRN / SUS
  • 166h
  • 49
  • 508

A resposta brasileira ao desafio posto pelas DST, AIDS, Hepatites Virais e Tuberculose tem enfrentado vários desafios. Faz-se necessário pensar a reconstrução de um modelo de a Ver mais

Curso de Especialização - DST, AIDS e Hepatites Virais: Redes de Atenção Integral (Unidade II)

UFRN / SUS
  • 60h
  • 62
  • 508

A resposta brasileira ao desafio posto pelas DST, AIDS, Hepatites Virais e Tuberculose tem enfrentado vários desafios. Faz-se necessário pensar a reconstrução de um modelo de Ver mais

Curso de Especialização - DST, AIDS e Hepatites Virais: O Contexto Político (Unidade I)

UFRN / SUS
  • 120h
  • 97
  • 508

A resposta brasileira ao desafio das DST, AIDS, Hepatites Virais e Tuberculose propõe pensar a reconstrução de um modelo de atenção à saúde no SUS que garanta a ampliação Ver mais