Informações Gerais

  • 6h
  • A partir de 4/3/2016
  • avaliações
  • Inscrição aberta ao público

Sobre o curso

Os conteúdos que compõem este módulo visam capacitar as equipes de atenção primária à saúde (APS) na implantação do fluxograma de atendimento com classificação de risco. 

Trata-se de um tema essencial para auxiliar profissionais na avaliação do nível de consciência por meio da Escala de Coma de Glasgow, no desenvolvimento da habilidade de quantificar a dor via escala numérica ou categórica, na discussão das dificuldades de comunicação dos profissionais de saúde com os usuários com dor e na apresentação de soluções para melhorar este diálogo. 

Para envolver os estudantes, são propostas abordagens sobre o protocolo de acolhimento ao usuário com dor no aparelho locomotor, a Escala de dor e de Coma de Glasgow e habilidades de comunicação.

 

 

Objetivos

OBJETIVO GERAL: Apresentar o protocolo de acolhimento ao paciente com dor no aparelho locomotor, capacitando as equipes de APS a implantar fluxograma de atendimento com classificação de risco.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS:

- Demonstrar a avaliação do nível de consciência através da Escala de Coma de Glasgow.

- Desenvolver a habilidade de quantificar a dor através de escala numérica ou categórica.

- Discutir as dificuldades de comunicação dos profissionais de saúde com os pacientes com dor.

- Apresentar soluções para melhorar a comunicação e atendimento aos pacientes com dor.

 

Conteúdo

1) Pré-teste

2) Leitura do protocolo de acolhimento ao usuário com dor no aparelho locomotor

3) Vídeo-aula sobre o protocolo

4) Apresentação audiovisual sobre a escala de coma de Glasgow

5) Apresentação audiovisual sobre a escala de dor

6) Vídeo-aula sobre habilidades de comunicação aplicadas ao atendimento de usuários com dor

7) Vídeos de atendimentos simulados de acolhimento à usuários com dor

8) Vídeos de atendimentos médicos simulados à usuários com dor

9) Pós-teste

Como nos organizamos

METODOLOGIA: O módulo está estruturado com 9 atividades, totalizando 6 horas. Ele é composto por 2 vídeos de atendimentos simulados (acolhimento e triagem adequado e inadequado; e atendimento médico adequado e inadequado), apresentação audiovisual da aplicação da escala de dor, vídeo-aula sobre o Protocolo de Acolhimento ao Paciente com Dor no Aparelho Locomotor, apresentação audiovisual sobre o uso da Escala de Coma de Glasgow, vídeo-aula de habilidades de comunicação aplicadas ao paciente com dor, leituras complementares, pré e pós-teste.

O módulo é autoinstrucional e é estruturado de forma que os conteúdos sejam autoexplicativos.

Nesse formato não há presença de tutores. Os participantes fazem as atividades propostas no seu próprio ritmo, de acordo com a disponibilidade de tempo de cada um.

RECURSOS: Vídeos tutoriais, questionários, resumos e textos online

AVALIAÇÃO: O processo de avaliação dos alunos envolverá questões objetivas ao final do módulo (pós-teste). O pré-teste é obrigatório para continuar realizando o Módulo, mas ele não vale nota. A certificação do aluno será dada somente através dos critérios: ter realizado o pré-teste, ter atingido nota maior ou igual a sete no pós-teste.