Informações Gerais

  • 80h
  • 307 aluno(s) atualmente inscrito(s)
  • A partir de 22/3/2018
  • 4651 discussões
  • Para
  • 184 avaliações
  • Com Tutoria/Facilitação
  • Restrito a Perfis

Sobre o curso

O curso busca fomentar o debate sobre os princípios teórico-conceituais e metodológicos da educação interprofissional na dinâmica do fazer docente dos cursos de graduação em saúde. O debate sobre Educação Interprofissional em Saúde - EIP vem ganhando força em todo o mundo e desenvolver o corpo docente para adoção e fortalecimento da EIP se configura enquanto abordagem estratégica no contexto da reorientação da formação e do trabalho em saúde. Por ter como publico-objetivo docentes e gestores dos cursos de graduação em saúde e preceptores que recebem alunos de graduação nos cenários de prática do Sistema Único de Saúde, o curso tem como objetivo estimular a elaboração de projetos de intervenção na realidade do trabalho e da formação em saúde a fim de aproveitar as potências das instituições de ensino superior brasileiras e do SUS para adoção da educação interprofissional em saúde. O movimento de pensar a realidade será importante no sentido de intensificar a articulação com a realidade da formação e do trabalho em saúde, estimulando o pensamento crítico, reflexivo por meio da aprendizagem significativa dos alunos, reforçando o compromisso político de fortalecimento e consolidação do Sistema Único de Saúde (SUS).

Objetivos

Objetivo geral

Atualizar docentes e gestores dos cursos de graduação em saúde e preceptores que recebem alunos de graduação em saúde sobre as bases teórico-conceituais e metodológicas da educação interprofissional em saúde.

Objetivos específicos

  • Identificar potências e fragilidades dos cursos da saúde de instituições de ensino superior do Brasil para adoção de iniciativas de educação interprofissional em saúde;

  • Fornecer subsídios teórico-conceituais e metodológicos para planejamento e execução de iniciativas de educação interprofissional nos cursos de graduação em saúde;

  • Discutir aspectos centrais do desenvolvimento docente como forma de fundamentar iniciativas sólidas e efetivas de educação interprofissional em saúde;

  • Elaborar de forma colaborativa e interativa projetos de intervenção da educação interprofissional em saúde nas IES brasileiras.

Conteúdo

UNIDADE 1: INTRODUÇÃO À EDUCAÇÃO INTERPROFISSIONAL EM SAÚDE 

Aula 01 – Começando a conhecer a medicação tecnológica

Aula 02 – Educação Interprofissional em Saúde: uma primeira aproximação

UNIDADE 2: PERSPECTIVA TEÓRICO-CONCEITUAL DA EDUCAÇÃO INTERPROFISSIONAL EM SAÚDE

Aula 01 – Porque pensar a interprofissionalidade?

Aula 02 – Contextualizando o trabalho em saúde

Aula 03 – Educação Interprofissional: entendendo seu conceito

Aula 04 – Dimensões que envolvem a efetivação das iniciativas de Educação Interprofissional

UNIDADE 3: ESTRATÉGIAS EDUCACIONAIS QUE DIALOGAM COM A EDUCAÇÃO INTERPROFISISONAL

Aula 01 – Possibilidades de mudanças da prática docente.

Aula 02 – Reflexão sobre o modelo de formação baseado em competências, estratégias educacionais de ensino, aprendizagem e avaliação que dialogam com a EIP.

Aula 03 – Experimentação de estratégias educacionais que dialogam com a EIP.

Aula 04 – Construção do Plano de Aula.

UNIDADE 4: "EXPERIMENTAR” CAMINHOS E PROPOR INICIATIVAS DE EDUCAÇÃO INTERPROFISSIONAL EM SAÚDE – EIP

Aula 01 – Contexto da formação em saúde e implementação da EIP: Macro determinantes da EIP;

Aula 02 – Contexto da formação em saúde e implementação da EIP: Meso e Micro determinantes da EIP;

Aula 03 – Planejamento de uma iniciativa de EIP

Aula 04 – "Experimentar” caminhos e propor iniciativas de EIP

Como nos organizamos

Metodologia

A metodologia a ser empregada durante a disciplina abrange os processos descritos a seguir.

  • Leitura do material didático de acordo com o cronograma proposto.

  • Reflexão sobre a realidade da formação e do trabalho em saúde.

  • Participação em fóruns.

  • Envio de atividade ao tutor.

Recursos

O Curso adotará diversos recursos para trabalhar com os temas centrais do módulo, entre eles:

• Vídeos

• Quadrinhos

• PDFs

• Leituras complementares

Avaliação

Durante todo o curso o aluno é acompanhado e orientado por um tutor. A avaliação é processual e envolve aspectos relacionados à participação nas atividades propostas, assiduidade no acesso ao AVASUS, envio das atividades ao tutor, conforme prazo limite estabelecido em cada aula.

O tutor irá realizar feedback de forma que esse processo de avaliação também se configure como parte do processo de aprendizagem dos alunos.

Módulos relacionados

Curso de Especialização - DST, AIDS e Hepatites Virais: O Contexto Político (Unidade I)

UFRN / SUS
  • 120h
  • 102
  • 508

A resposta brasileira ao desafio das DST, AIDS, Hepatites Virais e Tuberculose propõe pensar a reconstrução de um modelo de atenção à saúde no SUS que garanta a ampliação Ver mais

Curso de Especialização - DST, AIDS e Hepatites Virais: O processo de gestão (Unidade III)

UFRN / SUS
  • 166h
  • 50
  • 508

A resposta brasileira ao desafio posto pelas DST, AIDS, Hepatites Virais e Tuberculose tem enfrentado vários desafios. Faz-se necessário pensar a reconstrução de um modelo de a Ver mais

Curso de Especialização - DST, AIDS e Hepatites Virais: Metodologia da Pesquisa (Unidade IV)

UFRN / SUS
  • 60h
  • 41
  • 511

A resposta brasileira ao desafio das DST, AIDS, Hepatites Virais e Tuberculose propõe pensar a reconstrução de um modelo de atenção à saúde no SUS que garanta a ampliação Ver mais

Curso de Especialização - DST, AIDS e Hepatites Virais: Redes de Atenção Integral (Unidade II)

UFRN / SUS
  • 60h
  • 62
  • 508

A resposta brasileira ao desafio posto pelas DST, AIDS, Hepatites Virais e Tuberculose tem enfrentado vários desafios. Faz-se necessário pensar a reconstrução de um modelo de Ver mais

Residência Multiprofissional - Políticas de Saúde

Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • 40h
  • 9
  • 169

Ver mais