Informações Gerais

  • 100h
  • 10730 aluno(s) atualmente inscrito(s)
  • A partir de 1/8/2018
  • 10064 discussões
  • 2624 avaliações
  • Com Tutoria/Facilitação
  • Inscrição aberta ao público
  • Investimento do curso: R$ 173.794,87
  • Investimento por aluno: R$ 16,20

Sobre o curso

Este módulo é voltado principalmente à qualificação de profissionais de saúde de nível superior que atuam nas equipes da Estratégia de Saúde da Família (ESF) e Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) para o uso de plantas medicinais e fitoterápicos como forma de ampliar e qualificar o cuidado à saúde da população. O conteúdo dialoga com o processo de trabalho das equipes de ESF e NASF, e perpassa questões relacionadas desde ao histórico da Fitoterapia e aspectos botânicos das plantas medicinais, até a farmacologia, prescrição, legislação e implementação de programas envolvendo a Fitoterapia. O módulo conta com recursos didáticos elaborados por pesquisadores e profissionais de todo o país, seguindo as diretrizes da Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares no SUS (PNPIC) e do Programa Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos (PNPMF).

Objetivos

Objetivo Geral: 

Qualificar Instrumentalizar os profissionais de saúde de nível superior que atuam nas equipes da Estratégia de Saúde da Família e NASF para a utilização de fitoterápicos e plantas medicinais como forma de ampliar e qualificar sua prática de cuidado à saúde. Sensibilizar profissionais de outras áreas da saúde, assim como outras categorias profissionais com a finalidade de sensibilização sobre o tema: plantas medicinais e fitoterápicos. Ressalta-se ainda que esta oferta pedagógica trata-se de módulo introdutório, que contará com uma segundo módulo e que a habilitação para prática terapêutica de plantas medicinais e fitoterápicos no cuidado à saúde depende da formação prévia do participante, estando de acordo com as orientações e resoluções dos conselhos de classe de cada categoria profissional.

Objetivos Específicos:

  1. Refletir sobre os conceitos de racionalidades correspondentes ao processo saúde-doença na área das práticas integrativas e complementares em saúde.
  2. Instrumentalizar para compreensão dos aspectos botânicos, agronômicos e ecológicos das plantas medicinais e fitoterápicos.
  3. Desenvolver habilidades voltadas para a obtenção de novos conhecimentos através da prática da investigação científica.
  4. Possibilitar a compreensão dos parâmetros para indicação e prescrição de plantas medicinais e fitoterápicos no cuidado em saúde.
  5. Apresentar os marcos políticos, regulatórios e legais da fitoterapia no Brasil.
  6. Fundamentar os conhecimentos quanto à farmacologia de fitoterápicos e plantas medicinais.
  7. Estimular os profissionais para o desenvolvimento de projetos e programas de implantação de plantas medicinais e fitoterápicos em instituições públicas de saúde e de educação. 

Conteúdo

Apresentação

Etapa 1: Introdução ao estudo das plantas medicinais.

Etapa 2: Aspectos botânicos e agronômicos das plantas medicinais.

Etapa 3: Da planta ao medicamento.

Etapa 4: Fitoterapia aplicada.

Etapa 5: Marcos políticos, regulatórios e legais da fitoterapia no Brasil.

Etapa 6: Parâmetros para a Atenção à Saúde em fitoterapia.

Etapa 7: Projetos e programas de plantas medicinais e fitoterápicos implantados no Brasil.

Até Breve!

Biblioteca

Como nos organizamos